Como aprender a Vender?

Eis que você se deparou com uma realidade: precisa aprender a vender! 

Aliás, será que você não precisava ter vendido o tempo todo? 

Estamos o tempo inteiro negociando e vendendo ideias, propostas e vontades. Vender um produto ou serviço pode ser só mais uma possibilidade dentre tantas que nos deparamos todos os dias. 

O grande problema aqui é que quando a necessidade de vender algo se torna consciente, muita gente trava e logo surgem as justificativas como “eu não sei vender”, “não levo jeito”, “não nasci pra isso” e muitas outras.

Há anos, tive a missão de treinar e transformar pessoas altamente técnicas e sem

qualquer habilidade comercial em grandes vendedores. Essas pessoas passaram por um ciclo. Vendiam inconscientemente o tempo todo, mas quando a palavra VENDA se tornou uma necessidade ou obrigação clara, uma grande barreira se formou. O que eu mais ouvia eram afirmações do tipo: “eu não sou vendedor!” e “Eu não sei vender!”

Independentemente do seu segmento de atuação, pensar assim nos dias atuais é sinônimo de perder. E perder muito. Dinheiro, oportunidades, tempo, relevância e muito mais. Quantas coisas você já pode ter perdido?

Para mudar esse quadro, precisamos antes encarar duas grandes mentiras sobre venda:

“Vender é um dom.”

Se um advogado, engenheiro, psicólogo, administrador, dentista ou qualquer outra profissão foi aprendida, por que vender precisaria ser um dom?  Se todos estes profissionais aprenderam e se desenvolveram ao longo de anos de estudo e prática, vender não pode ser diferente.

“Só vende bem quem é super comunicativo.”

Uma das habilidades fundamentais sobre os vendedores dos dias atuais é que eles sabem ouvir muito bem. Escutam mais do que falam. Só assim conseguem identificar de fato as necessidades dos clientes. 

Quebrando esses dois paradigmas, podemos aprender a vender.

1. Conheça bem a si mesmo.

Entenda o seu perfil e como você age e reage diante de situações de conflito e questionamentos. Conhecendo os seus pontos fortes e fracos, você conseguirá interagir melhor com os seus possíveis clientes.

2. Estude o seu mercado, seu negócio e seus produtos ou serviços.

Parece óbvio, mas não é. É fundamental que você esteja seguro e confortável para falar do seu negócio. Se você estiver com dúvidas ou inseguro sobre seus produtos ou serviços, como o cliente vai confiar? 

3. Internalize o sentimento de capacidade e força sobre ser um vendedor. 

Muita gente acredita por aí que ser um vendedor é algo depreciativo. Na verdade ter habilidade de vender qualquer coisa deve ser encarado como uma vantagem competitiva incrível. 

4. Não tenha medo do NÃO.

Ouvir “não” faz parte do processo. Quanto mais você treinar, testar e receber “nãos” em sua jornada, mais “sims” você colherá.

Veja também o nosso vídeo: Como Contornar Objeções?

5. Se capacite.

Leia e estude. Se empenhe para aprender técnicas de venda. Não basta aprender somente de forma cognitiva. É preciso praticar, testar, errar e acertar para se desenvolver e se tornar um grande vendedor e influenciador. 

Veja também o nosso vídeo: AIDA o Processo de Marketing Usado no Comercial!

6. Encontre um propósito.

Tenha um propósito forte e apaixonante para vender seu produto ou serviço. Além da venda, o objetivo é compartilhar o que você tem de importante com outras empresas e pessoas que precisam. Você vai ver o quanto essa ação é poderosa e tornará suas atividades muito mais leves e produtivas. 

Entendendo estes passos, o que precisa ser feito agora é praticar. Ampliar seus contatos e networking, falar com mais pessoas e buscar novos clientes para que todas essas habilidades sejam testadas e aprimoradas. Lembre-se: ninguém nasce pronto. Qualquer pessoa pode ser transformar em um vendedor incrível. Inclusive você! 

Bons negócios e boas vendas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.