A sua gasolina não pode acabar.

Quando se fala em empreendedorismo, muitas palavras saltam em nossa mente: coragem, sonhos, realização, dinheiro, clientes, estratégia e por aí vai. Mas as palavras que tenho visto e ouvido de diversos empresários e empreendedores que temos ajudado são antônimos destas primeiras. Essas pessoas disruptivas e corajosas que tiveram coragem de transformar seu sonho em ideia – e sua ideia em ação – também precisam estar prontas para viver e lidar com sentimentos e impulsos negativos que batem na porta todos os dias. O episódio com os caminhoneiros no Brasil me fez pensar que isso acontece com o universo empreendedor o tempo todo! Sem combustível, o negócio não anda.

 

 

Para explicar isto num contexto empreendedor, fiz um paralelo com a greve dos caminhoneiros e seus efeitos. Você tem uma visão da vida e do seu negócio e isso te enche de força e energia! Com o “tanque cheio”, você começa a corrida corajosa para concretizar sua visão, construir seu sonho. Ouve críticas, investe tempo, lida com pessoas diferentes de você e que trabalham sem o mesmo comprometimento e paixão. Até ai, tudo bem. O sonho é seu e nada  mais importa.

E depois de passar da fase de encantamento e pura energia, entram novas etapas e exigências do negócio. Em meio a tanta pressão, interna e externa, surge o desafio de lidar com consigo mesmo. Gerenciar sentimentos que podem roubar completamente seu combustível inicial. A sensação de estar sozinho e ter que dar conta do mundo traz muita das vezes a sensação de incapacidade, e até mesmo de solidão.

Se você está vivendo isso, acredite: relaxa, você é normal.

 

Assim como milhares de empreendedores, você também pode sair dessa montanha-russa de emoções. E se você ainda não entrou nessa fase, existem formas de você construir sua jornada de um jeito mais leve e produtiva. Nesta hora é necessário ser inteligente e criar estratégias como essas 4 que quero dividir com você.

1. Use o tempo com inteligência;
Foque sua energia em ações estratégicas e delegue o operacional. Seu crescimento vem de estratégias corretas, mas se você, que é a pessoa que domina seu negócio, estiver ocupado com o operacional, quem vai pensar estrategicamente? Ninguém. Separe pelo menos um período do dia e da semana para se dedicar de forma tranquila e exclusiva a pensar no seu negócio. Posso criar parcerias, como vou surpreender o cliente, expansão, etc.

2. Seja o mais burro do grupo;
Firme alianças e parcerias com pessoas, e empresas que que ajudem a pensar fora da caixa. Participe de feiras, eventos, amplie seu networking e tenha consultoria externa. Nosso conhecimento é limitado, por isso, é fundamental contar com pessoas e apoio de fora da empresa para ajudar a enxergar possibilidades que sozinho não conseguimos.

3. Faça algo por você;
Seu negócio é muito importante, mas se você não estiver feliz, ele não vai performar bem. A sua falta de saúde mental terá consequências para o seu projeto. Você precisa estar bem emocional e fisicamente. Pratique um esporte, separe um tempo para a família e amigos. Tenha algumas horas na semana reservadas para fazer algo que você goste e que traga bem estar! Além de equilibrar a vida, isso trará o oxigênio necessário para os seus resultados, pois reforçará seus motivos e valores.

4. Resultado não é só em dinheiro.
Dinheiro é importante, mas não pode ser o objetivo final. Se tudo o que você faz e pensa é sobre dinheiro e faturamento, pode estar em um caminho perigoso. Encontre o propósito por trás da sua ideia de negócio. Coloque o dinheiro como uma consequência da sua entrega para as pessoas. Você tem um papel nesse mundo, e seu negócio pode transformar a vida de pessoas! Coloque isso como a engrenagem principal. Com isso, você e sua empresa terão energia para crescer, superar desafios e ganhar dinheiro como consequência desse legado que você está construindo.

Não deixe que nenhuma crise interna ou externa roube a sua credibilidade e energia para conduzir o seu negócio. Aja de forma inteligente e estratégica. Conduza seu negócio na direção que você merece: pra cima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.